1 de setembro de 2008

Entretanto, na SIC

Tomás Azevedo, neto de “you know who”, diz que vai iniciar, com 18 anos, um negócio “sem o dinheiro da família”. Comentário da E.: “deve ser com o dinheiro que ele ganhou na apanha da fruta!”
Diga-se de passagem que o Tomás, muito sério, com o seu fatinho de corte impecável e os sapatinhos tão bem engraxadinhos, a dizer mal dos quatro últimos governos de que se lembra, parecia ter 48 anos e não 18. Preferimos de longe o neto Champalimaud, que escolheu Direito porque o pai lhe disse que era assim que devia ser e que como prenda de fim de curso pediu, em vez do par de espingardas que o pai lhe propunha, uma volta ao mundo, durante a qual se fartou de surfar na Austrália e na Nova Zelândia. Aliás, um gajo que escolhe Champas como nome de blogger não pode ser mau tipo. Só não deu para descobrir – a imagem passou demasiado rapidamente – o nome do blog dele.
Donde: a burguesia decadente do Sul mostra – mais uma vez – a sua superioridade sobre o capitalismo industrial nortenho.

3 comentários:

David Motta disse...

http://escarradordedavidmotta.blogspot.com/2008/09/money-talks.html

Anónimo disse...

o blog penso q é "tomas na volta ao mundo"

David Motta disse...

http://mearoundtheworld2006.blogspot.com/